quarta-feira, 27 de julho de 2011

Mudam-se os tempos...

Tenho 21 anos de idade. Com esta idade, a minha avó estava casada (há três anos) e já tinha uma filha, e o meu avô estava em Cabo Verde e trabalhava há dez anos. Quando me imagino casada aos vinte e um anos e com um rebento, escusado será dizer que me apetece partir-me às gargalhadas. Normalmente dizem-me que pareço mais nova (o que pode vir a ser muito útil daqui a uns aninhos), contribuindo assim para a minha teoria de que seria tão provável estar agora na situação dos meus avós há 50 anos atrás, como passar por aqui um pinguim em Agosto...

Os tempos mudam e, certamente, se estivéssemos em meados dos anos '50, esta rapariga que vos escreve, de ténis e cabelo desgrenhado seria tida como uma transgressora da lei. Só prevejo sair de casa dos pais já muito perto dos trinta (a menos que ganhe o euromilhões) e o melhor peixe que sei cozinhar é atum em lata... por isso a minha questão é: não seria benéfico em termos evolutivos para a espécie humana tornarmo-nos independentes cada vez mais cedo? Então porque nos tornamos independentes cada vez mais tarde?...



Inté*

7 comentários:

MarcoLino disse...

Por causa das bestas que nos governam, que nos alimentam expectativas mas não nos dão contrapartidas na vida real.

Estudante disse...

Sim, pode ser uma razão... ;)

Defecando e Andando disse...

Porque sabe bem chegar a casa, ter a "papinha" feita e não ter que pensar na conta da EDP, nem na prestação da casa, nem na roupa para lavar/passar a ferro... e depois, com as cabecinhas masculinas que há por aí, aturar por aturar, é preferível aturar o pai do que aturar um caramelo e ainda ter de lhe "coser as meias".
Acertei? lolol

Estudante disse...

Defecando e Andando: essa das meias está muito boa x) sabes que eu acho que essa atitude comodista também depende muito da educação que se tem... mas enfim!

Susi disse...

Vá, deixe-se de modernices menina Estudante! Largue os computadores, vista saias e arranje um homem para casar e ter filhos antes que fique para tia! Veja lá! Depois ninguém lhe pega! :D ahah, a minha mãe ainda apanhou um bocado destes tempos credo!
Mas realmente é um bom ponto de vista, isto começa a acontecer com a emancipação da mulher, os estudos até mais tarde e bla bla bla e fomos ficando assim. Eu cá até prefiro!

Paula disse...

Hummmm.... estou lixada! ahahah!

Estudante disse...

Susi: poça... uma pessoa diz que não tem dinheiro para arranjar casa e já tem de ficar para tia! ahaha :P

Paula: ihihi x)