sábado, 2 de fevereiro de 2013

Mendicidade e ladroagem

Parece que anda por aí um senhor de nome Fernando Ulrich que acredita que devemos dar todos o máximo por este país, tendo em conta que enquanto não formos todos mendigos ainda existe muito espaço de manobra. Obviamente, este senhor não se considera parte do "povinho" que deve ser esmifrado até ao tutano em prole do bem alheio, ou seja dos ricos, os únicos que ainda podem temer perder alguma coisa porque os outros já nada têm.
Por um lado, até agradeço que o Sr. responsável do BPI não se queira incluir no grupo de pessoas do qual eu faço parte, porque repartir a minha espécie e subespécie com um LADRÃO destes já é suficientemente humilhante. Olhem, e sabem que mais? Ele até tem razão!... Os mendigos evidenciam uma capacidade extrema de resistência! E ele, como ser humano que é (será?) também aguentaria passar o resto da vida na prisão, que é o local destinado aos criminosos. Sendo assim, enquanto este senhor não vir o sol nascer aos quadradinhos, ainda existe, de facto, muito espaço de manobra.
Inté*

5 comentários:

Paula disse...

BRAVO!!

Ju disse...

Muito bem dito, sacana do homem!! bom fim de semana ***

Estudante disse...

Paula: :)

Ju: obrigada :) para ti também!

SuperSónica disse...

Ora muito bem! Gostei, tu dá-lhe!

Estudante disse...

SuperSónica: :P