sábado, 3 de janeiro de 2015

Cavalo de Guerra

E eis que terminei hoje o último livro destas férias. Tão bom ficar sentadinha à lareira a ler! Espero poder disfrutar deste pequeno grande prazer durante mais algum tempo, pelo menos enquanto o Inverno nos brindar com dias frios e pequeninos.
 
Cavalo de Guerra, adaptado ao cinema por Steven Spielberg em 2011, conta-nos a história de um cavalo que se vê separado do seu dono e grande amigo durante a I Grande Guerra. Apesar de não ser um conto muito elaborado é, ainda assim, uma viagem emocionada e doce pelos meandros da Primeira Guerra Mundial, retratando não só a dor humana, como também a vida e o sofrimento dos animais que naquela altura, eram utilizados em batalha.
 
 
 
Durante todo o livro, a nossa expectativa é a reunião de Joey, o cavalo, com o seu dono, mas sem o cliché que muitas vezes encontramos nos desencontros - aquele retrato ansioso, em que nada faz sentido até ao momento do encontro, em que não é possível a alegria ou o amor até à união que se espera. É na verdade, um relato bastante sereno e convincente daquilo que acabam por ser os desencontros na vida real.
 
Outro aspecto que me pareceu realmente interessante, foi o facto de ser o próprio cavalo quem narra toda a história.
 
Vou ter de rever o filme. Alguém já viu?
 
 
 
 
Inté*
 

3 comentários:

Observador disse...

Americano, drama, guerra, Steven Spielberg, prémios.
Tem tudo para se ver.

Bom domingo, Estudante.
Bjs

Gaja Maria disse...

Vi o filme recentemente e adorei.... :)

Estudante disse...

Observador: fiquei admirada como é que o Spielberg viu tanto potencial neste livro... é por isso que ele é um génio :P

Gaja Maria: é um bom filme, sim ;)