sexta-feira, 13 de abril de 2012

Doentes difíceis

Ontem tivemos uma doente à qual eu diagnostiquei "refilite aguda". A refilite aguda não é propriamente uma doença grave para o doente em si, mas é extremamente desagradável para quem está em volta. Esta nossa doente respondia a tudo que não ou que sim, não se explicava e, claramente, estava ali contra vontade. Refilava, refilava...

A certa altura não me contive e comecei a rir-me. Sem dar nas vistas, claro. Tive receio de que se olhasse para mim, fosse capaz de me dar com a mala na cabeça, tal era o mau humor da senhora.



Inté*

6 comentários:

mão da mãe disse...

devia estar com pouca vontade de colaborar para a aprendizagem da medicina ... mas escusava de ser tão nojentinha, né?

Kim III disse...

pahaha quando li "refilite aguda" ainda pensei que fosse alguma coisa séria x)

guess disse...

Receitavas-lhe uma injecção de água destilada, só por vingança ahahah.

João Pedro disse...

Se tu conhecesses o meu avô. Ele mandava na enfermaria xD o médico chegou e ele pediu-lhe para lhe ir buscar um café e o senhor muito bem disposto foi, quando chegou do café o meu avô estava a fumar do outro lado, isto na ala de infecções respiratórias xD

Lady Me disse...

Refilite aguda parece-me difícil de tratar, mesmo não sendo eu de medicina! Parece-me necessária uma dose gigante de paciência xD

Estudante disse...

mão da mãe: oh... há de tudo :P eu acho que ela estava mais zangada com o médico do que connosco!

Kim III: ahaha :P

guess: xD para a próxima vou pensar nisso!

João Pedro: :D gostava de ter assistido a essa cena!

Lady Me: ui, e de que maneira :P