terça-feira, 3 de abril de 2012

[Nem tudo tem de ter um título]

Eu acho sinceramente, que é mais difícil para os outros suportarem a nossa alegria do que a nossa tristeza. A alegria faz muito barulho, é contagiante, entranha-se nas pessoas. A tristeza, por sua vez, é silenciosa, é mais calma, pede ajuda. E pedindo ajuda, possibilita sempre o papel activo do outro, que nos conforta, que nos apoia...

Mas a alegria não. A alegria não proporciona papéis secundários, não permite a intervenção "altruísta" de quem vê de fora. Talvez seja este entrave ao protagonismo que leva as pessoas menos alegres a não tolerarem a alegria dos outros.



Inté*

18 comentários:

SuperSónica disse...

Mas como disseste, a alegria não contagia? Realmente eu prefiro dar-me com pessoas alegres do que com as tristes...

guess disse...

Eu prefiro pessoas alegres, porque para "tristeza" já basto eu ahah.

Sofia disse...

Uma vez li, no blog Black&White, que os verdadeiros amigos são aqueles que estão connosco (também) nos momentos mais felizes das nossas vidas e aquilo disse-me imenso. Concordo muito. Tanto com ela, como contigo.

Estudante disse...

SuperSónica: sim, contagia. Mas eu acho que contagia quem quer ser "contagiado" porque há pessoas que dão a sensação de resistência à alegria dos outros...

guess: ahaha :P não acho nada!

Sofia: :) concordo plenamente!

I blogger disse...

Não é por acaso que somos o país do fado, da dor e da desgraça, do coitadinho...

Susi disse...

Ou isso, ou então sentem inveja. E isso notasse. Sempre que vêem alguém mais feliz metem-se de trombas. Conheço tanta gente assim.

Sufocada disse...

Wise words :D

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Acho que a alegria dos outros causa inveja, ainda que inconsciente. Depois junta-se a tristeza à inveja e temos alguem altamente amargurado com a vida!!

Viva a alegria, a felicidade e as gargalhadas contagiantes!

Neve Branca disse...

Olá. Andava por aí a ver blogs e li "amarelo", a minha cor preferida.

Chego aqui e deparo-me com este texto fantástico.

E não é que eu sinto o mesmo? É muito mais "fácil" estarmos sempre triste e serem os outros a ter "sucesso", e mesmo, o facto de estarmos triste já é o suficiente para eles tarem bem... infelizmente.

Estudante disse...

I blogger: sim, acaba por ser um bocado cultural...

Susi: não me lembrei disso x)

Sufocada: :P

Especialmente Gaspas: Viva! :D

Neve Branca: a Branca de Neve é minha seguidora :D

Pretty in Pink disse...

é não é? Já tinha dado por isso...E sinceramente não percebo porque...Deve dar gozo ver-nos tristes...Nunca pensei que um sentimento como a alegria pudesse gerar tanta inveja...

Beijinho*

Paula disse...

às vezes admiro-me com tanta sabedoria na jovem Estudante... Beijinhos.

Estudante disse...

Pretty in Pink: é verdade!

Paula: ahaha x) que exagero!

Vera, a Loira disse...

Não escreveria melhor. Concordo contigo a 100%

Pam disse...

Muito certo o que escreves. A alegria de uns incomoda muita gente, infelizmente... Mas haja alegria! :D

Estudante disse...

Vera, a Loira: ;)

Pam: haja alegria :D!

Néua disse...

Infelizmente é mesmo assim, por isso é que um amigo verdadeiro não se descobre nem nas situações boas nem nas más, mas sim no acompanhar de uma vida em ambas as situações :)

Estudante disse...

Néua: ora nem mais! ;)