terça-feira, 24 de setembro de 2013

Ratings... pfff!

Parece que durante a minha ausência, as agências de rating de um dos países mais endividados do Mundo, ameaçou classificar-nos abaixo de lixo. Uma pessoa não pode ausentar-se uns diazinhos que estes tipos aproveitam logo para fazer das suas...
 
Agências de rating, da forma como estão constituídas até hoje, não valem nada. Diria mesmo que estão abaixo de lixo, só para me expressar na sua tão lisonjeadora linguagem. Um país é mais que uma dívida. É o conjunto das pessoas que o formam, a cultura, a história... Por isso sou a favor de que estes tipos de classificações deveriam ser, e perdoem-me a linguagem medicinal, mais holísticas, e classificar o país tendo em conta a capacidade que este poderá ter ou não para ultrapassar as eventuais dificuldades económicas que atravessa - ou seja, estimando o seu verdadeiro potencial. Que isto está mal já eu sei, obrigada. O que eu gostaria de saber é se temos capacidade ou não de ultrapassar as nossas dificuldades.
 
Uma análise que se baseia essencialmente em atribuir classificações tão lineares, tão castradoras, tão desumanas (lixo?? Mas quem são eles para nos apelidarem de lixo?...), que muitas vezes acabam por agravar ainda mais a cotação de um país a nível internacional, que utilidade podem ter?
 
Moody's e afins, vão para o raio que vos parta. Grécia é lixo, Portugal é lixo? Nações muito anteriores à vossa, cheias de história não são lixo e nunca o serão por mais que vossas excelências nos queiram fazer acreditar que sim.
 
 
Passem bem.
 
 
 
 
Inté*

14 comentários:

Joana disse...

True story. Como dizes, um país é muito mais que um número... especialmente o nosso :)

Tétisq disse...

Tão mal se falou das agências, toda a gente percebeu que participaram em jogos perversos de especulação mas, deixam-nas continuar :)

Jedi Master Atomic disse...

Os mercados financeiros controlam o mundo, neste momento. Cerca de 1% das pessoas deste planeta têm entre elas 99% da riqueza total, portanto podes por aqui ver quem realmente controla e como se controla tudo.

Money rules :P

fusion disse...

Essas classificações fazem parte do esquema para aumentar os juros da dívida e os lucros de quem empresta.
Isto é pior do que um assalto à mão armada. Um assalto com a conivência dos nossos governantes, também eles adeptos deste sistema usurário. :\

Never Told Words disse...

Só conheço um Moody e chama-se Hank!!! Não perco tempo com mais nenhum...

Opinante disse...

Somos muitos pequeninos...

Estudante disse...

Joana: :)

Tétisq: é bem verdade... deveriam ser proibidas!

Jedi Master Atomic: o dinheiro é que manda ;) e quem o tem é que se vai safando...

fusion: é vergonhoso!...

Never Told Words: ahaha :P

Opinante: somo porque queremos ;)

Catarina Reis disse...

Alguém inventou essa de história de rattings, para tirar dividendos é o que eu acho...Portugal é um país maravilhoso, com gente fantástica, não são preciso estatísticas, para o dizerem.

Vera, a Loira disse...

Abaixo de lixo são as agências de rating, isso sim.

Ritinha disse...

Essas agências metem-me nojo!

mmm´s disse...

Agências ao serviço de grandes interesses, instituições e mercados financeiros... aí sim é que existe muito lixo, muita podridão, muita falta de ética!

hiker disse...

Se Portugal fosse lixo, a "Valorsul" já o tinha reciclado. Lol

Estudante disse...

Catarina Reis: ora, nem mais ;)

Vera, a Loira: :P

Ritinha: ahaha x)

mmm's: sem dúvida!

hiker: ahaha :D

Paula disse...

Deviam fechar-lhes as portinhas, é o que é!