sábado, 1 de setembro de 2012

Quando eu for grande...

Às vezes, dou por mim a conversar com Manhê e a dizer: "Quando for grande, vou...". Manhê arregala os olhos e faz um sorrisinho maroto de quem não compreende o que me vai na mioleira e então, dou conta de que "grande" já eu sou. Já nem adolescente me consideram; sou uma adulta!
 
Acho que o facto de ter um curso tão longo, não me deixa envelhecer. Enquanto estudamos, somos jovens e ponto. Daí que eu ache que a minha maturidade está a ser adiada pelo facto de eu ainda estudar, quando na realidade, existe muita gente da minha idade que já trabalha. Agonia-me pensar que com a minha idade a Avó já tinha uma filhota com 4 anos... eu com uma criança de 4 anos?!
 
Mas, por outro lado, quando penso na idade que terei quando for verdadeiramente independente, também me atormenta um bocado... ainda que isto passe extremamente rápido (muito mais rápido do que aquilo que eu gostaria), ainda faltam uns anitos!...
 
Ai vida.
 
 
 
 
 
Inté*

23 comentários:

mão da mãe disse...

não vale a pena "sofrer" por antecipação. vive cada momento, cada etapa virá de forma natural!
bjocas

Inês de Sousa disse...

Isso das idades é relativo. Cá eu hei-de continuar a dizer "quando for grande" aos 40 anos. Tenho a certeza.

aNaMartins disse...

vais ver que o tempo voa e não dás por ela. não penses nisso e desfruta ao máximo da vida. Para não dizeres, se eu tivesse vinte e poucos fazia isto e aquilo. até lá vive

:p

Estudante disse...

mão da mãe: ;)

Inês de Sousa: ahaha :P

aNaMartins: lá voar, voa ele ;)

V* disse...

Como eu compreendo e me identifico com este texto :)

DaniielSousa disse...

isso não quer dizer nada..
Já tenho um filho com 5 anos, a caminho dos 6 xD


Oh oh.. ás vezes também me foge isso xD

Marta Almeida disse...

Gente triste enfim, mas eu não ligo :)*

Marta Almeida disse...

Gente triste enfim, mas eu não ligo :)*

Palco do tempo disse...

não penses muito nisso :)
Bom fim de semana*

Ritinha disse...

Eu nunca posso dizer " Quando eu for grande..." e muito menos posso dizer " Quando eu era pequenina..." Isto porque toda a gente goza comigo, devido ao meu curto tamanho! Olha não tenhas pressa de ser adulta, eu ainda sou uma pequena adulta, e às vezes dá-me mais angustias que alegrias!

Estudante disse...

V*: imagino que sim ;)

Daniiel Sousa: então já vai para a escolinha :D

Marta Almeida: nem vale a pena! ;)

Palco do Tempo: ;)

Ritinha: sim, não tenho pressa nenhuma, antes pelo contrário :P

DaniielSousa disse...

Já.. Já vai xD Este Aninho..
Como faz em Novembro ... Vai com 5 mas logo logo faz os 6 x$

Estudante disse...

DaniielSousa: deve andar todo entusiasmado! :)

Catita disse...

Ainda este mês pensei muito nisso. Encontrei uma colega de escola que está casada e a trabalhar desde os 15 anos (concluiu o 9º ano e foi trabalhar). Ou seja, 7 anos a trabalhar, independente, casinha própria, casada e não tarde muito será mãe. E eu? Ainda mais 1 ano e meio para estudar e a depender dos pais e depois? Escolhi uma profissão que não me garante estabilidade nenhuma nos primeiros anos de carreira, sempre a correr o país. Vou casar e ter filhos nessa situação? Nem imagino quando é que isso pode acontecer e ela da minha idade já a construir família. Mas se eu trocava a minha vida pela dela? Não. Fui a vida que escolhi.
São opções de vida vida tão diferentes que nos fazem pensar em tudo
(Desculpa lá o tamanho do comentário, acabei por falar demais)

Beijinhos

Estudante disse...

Catita: estás à vontade para escreveres quanto quiseres ;) a trabalhar desde os 15 já é um tempito. Mas casar aos 22? Acho muito cedo x)

Mam'Zelle Moustache disse...

Com a minha idade, a minha mãe já tinha uma filha de 13 anos... É pá, tu tens o dom de me fazer sentir velha, Estudante. Porra! ;p

Ju disse...

Deixa lá, essa vida é tão boa :) eu estou a adorar esta fase de independência e era algo que eu queria muito, mas ser estudante é tão maravilhoso que fazes bem em continuar a sê-lo hehehe, disfruta ;) ****

Estudante disse...

Mam'Zelle Moustache: ahaha x) não era minha intenção! Hoje em dia, as pessoas são diferentes... o facto de ainda não teres filhos só significa que apostas noutras coisas em que antes as pessoas não apostavam ;)

Ju: é verdade :)

SuperSónica disse...

Também utilizo essa expressão no gozo e digo muitas vezes: quando for grande quero ter/ser isto ou aquilo...mas já sou grande e por isso desmancho-me a rir! Mas olha, nunca se sabe!

Estudante disse...

SuperSónica: eu acho que nunca vou perder este hábito :P

Parede Escrita disse...

Concordo com o primeiro comentário que te fizeram :)

C. disse...

Eu também uso sempre essa expressão :p

Estudante disse...

Parede Escrita: :) eu também...

C.: :P eu tenho-a bem entranhada!