sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Sonhos de abóbora (é Natal, é preciso vestirmos a camisola)

Hoje a caminho de casa, tive um encontro "feliz" com duas meninas adolescentes e comecei a pensar se Deus, caso um dia eu venha a ser mamã, me poderia poupar essa parte do crescimento a que chamam "adolescência"... saltávamos logo para uma idade menos... coiso.
 
Ou então, que as minhas crias não sejam assim tão, sei lá... parvinhas.
 
E já agora, perdoem-me a falta de espírito natalício que transborda neste post.
 
 
 
Inté*

7 comentários:

JS disse...

Presumo, pelo título, que daquelas cabecitas se podiam fazer uns saborosos sonhos de abóbora. eheheh

Estudante disse...

JS: ahah :P podia ser... mas a verdade é que já não tenho imaginação para títulos... então acho que vou começar a utilizar doces natalícios para esse fim :P

AvoGI disse...

Poizé a adolescencia é um espanto, só que nós tb fomos adolescentes e quiçá parvos menos parvos, creio,que os de gora
Kis:=)

Til disse...

Estás perdoada...;)

almond_girl disse...

Eu por mim adoptava as minha scrias já adultas. Do mal o menos: já sabia como era a personalidade deles e os seus sonhos e ambições de vida.

Estudante disse...

AvoGi: ahah :P se calhar eramos iguais, só que já não nos lembramos, não sei...

Til: obrigada ahah :D

almond_girl: poupavas uma série de trabalhos :P

Paula disse...

Gostei do título!... Ahahaha!