domingo, 8 de março de 2015

Aquele dia 8...

"Feliz dia da Mulher", não; não podemos "felicitar" um dia cuja existência tem por base uma infeliz contingência... Este dia é mais do que o dia que algumas pessoas convertem (antagonicamente!) no dia da "liberdade" e do "livre arbítrio"; no dia em que lhes é permitido fazerem algo que parecem não ter o direito de fazer todos os dias, como se durante o ano inteiro lhes estivesse vedada a satisfação das suas vontades. Comemorar este dia como o "único" dia do ano em que a mulher pode sair e deixar marido e filhos em casa, não é mais do que o tornarmo-nos cúmplices de um agregado de ideias retrógradas e machistas que criaram e mantêm o fosso entre géneros; não é mais do que a banalização e a interpretação simplista (e quase perversa) de um problema que é muito mais do que a "libertação" das lides domésticas, como algumas pessoas nos querem fazer crer...

 
Por um dia 8 de Março (idealmente o dia da igualdade entre géneros e não o dia da Mulher) que deixe de fazer sentido ;)
 
 
 
 
Inté*

7 comentários:

Paula disse...

Essa imagem diz tudo!...
Concordo contigo e não comemoro o "Dia da Mulher", porque para mim todos os dias são dias da mulher para quem é mulher, como todos os dias são dias do homem para quem é homem... Gostava de viver num mundo onde não fosse necessário haver um "Dia da Mulher", sobretudo este, que se revestiu com carácter festivo e comercial, como tantos outros, e que perdeu completamente o significado.
Neste dia recordo apenas aquelas que morreram lutando pelos seus direitos.

Observador disse...

Comemorar o 'dia da mulher'? Recuso fazer uma coisa que 'infringe' as regras da lógica.
Não é verdade que ser mulher acontece todos os dias?
Bom domingo.

Estudante disse...

Paula: :)

Observador: ora, nem mais! ;)

Til disse...

Era tão bom que este dia não fizesse sentido...

riddle disse...

O dia da mulher faz lembrar a tolerância zero imposta pelo Guterres, na nacional 125, no Algarve. Tal medida pressupunha que nas outras estradas podíamos beber e acelerar até cair de cu. eheheh

Jedi Master Atomic disse...

É só mais um dia a apelar ao consumismo e prendas, e compras, etc...
É como o dia dos namorados.

Estudante disse...

Til: acredito que um dia deixe de fazer sentido ;)

riddle: ahah :D

Jedi Master Atomic: é mesmo :\...