segunda-feira, 23 de maio de 2016

Um fenómeno!

Os lugares do autocarro. Ou camionetas, como lhe queiram chamar. Nós temos um bilhete com um lugar marcado mas, raras vezes, o nosso lugar está vago. Então, sentamo-nos noutro lugar. Depois, vem alguém cujo lugar é aquele em que estamos sentados. Enfim, um jogo das cadeiras a relembrar os felizes tempos da infância.

Eu compro o meu bilhete com a antecedência suficiente para poder escolher um lugar à janela. Eu tenho direito a sentar-me no lugar que escolhi. Mas alguém achou por bem sentar-se num lugar qualquer que, por acaso, até era o meu. E reparem, todos podemos escolher o nosso lugar. E há muitas janelas no autocarro. Não precisamos competir arduamente por um lugar ao sol!

Quando por acaso alguém reivindica o seu lugar é um mal-educado, impertinente que só quer arranjar confusão. Reparem na transferência de papéis: aquele que ignorou as regras básicas de civismo acusa o outro de querer comprometer a ordem pública. Que lata.

Lamento, mas quando alguém está no meu lugar, é convidado a levantar-se. É uma forma de evitar que mais tarde alguém me faça saltar a mim e a alguém depois de mim. As pessoas gostam de complicar, não é? Se se podem sentar no lugar que lhes é atribuído (e que podem escolher!), porque é que se sentam noutro qualquer sabendo que alguém lhes poderá pedir para se sentar naquele sítio?

Não entendo. A sério que não entendo...


Inté*

16 comentários:

Linda Blue disse...

Eu também não entendo. É para isso que existe a marcação de lugares. Há pessoas que enjoam. Passas a dizer isso mesmo: "Olhe, desculpe, adorava dar-lhe o MEU lugar, mas é que, se não for à janela, vomito-me toda. Já na última viagem que fiz, em que uma pessoa insistiu em ficar com o MEU lugar à janela, vomitei-me de tal maneira, que até a respinguei com sopa de feijão e os morangos com chantilly do almoço. E são nódoas muito chatas, que ficam e não saem. Tenho aqui um atestado médico e tudo, quer ver?".
:)

Jedi Master Atomic disse...

Estudante, tu usa o teu ar de menina doce e inocente (eeeerrrrrr) para os fazer sair :P

Inês F. disse...

Em alguns autocarros em que fui, éramos todos informados que não existiam lugares marcados. Era uma chatice, mas às vezes ainda acontece.

Agridoce disse...

Eu também faço parte do grupo das pessoas chatas que faz questão de ficar no seu lugar, seja no comboio ou no autocarro, ou no cinema, ou onde seja. Se há lugares marcados, por algum motivo é :)

Sci disse...

No comboio não é tão frequente, mas também acontece. Principalmente porque os lugares são alternados e muita gente não percebe esse pormenor quando compra os bilhetes. À custa disso lá ficam separados pelo corredor e quando me pedem para trocar eu costumo aceitar. Mas são sempre trocas directas, para não ter de andar na dança das cadeiras ;)
De qualquer das formas, como são bilhetes online depois lá apanho com o revisor meio atrapalhado "hum...errrr... Miguel?" :p

Nádia disse...

Nunca fiz uma viagem de autocarro com lugares marcados, mas já passei uma pequena vergonha num cinema à pala disso. Acontece que estava a ver um filme pouco concorrido, numa sala tão pequena que nem sabia existir nos cinemas NOS, e esqueci-me de referir na bilheteira que zona da sala preferia. Deram-me um bilhete para a última fila mas, como sou míope e fui das primeiras pessoas a chegar, sentei-me mais à frente... até que chegaram as pessoas a quem o lugar pertencia e tive que me levantar. Voltei a sentar-me noutra cadeira que não a minha, e mais uma vez a pessoa com bilhete para aquele lugar convidou-me a levantar. A este ponto, lá fui recambiada para o meu lugar, com todos os espectadores da mini-sala lotada a olharem para mim (e tropecei na saia até aos pés que tinha vestida).

Estudante disse...

Linda Blue: AHAHAHA :D boa! Muito bem! Para a próxima digo que vomito :P

Jedi Master Atomic: ahaha :P é isso!

Inês F.: pois, às vezes dizem que não há lugares marcados... mas comigo isso nunca aconteceu :)

Agridoce: ahaha :P eu também me prefiro sentar no meu lugar ;)

Sci: "Miguel" ahah :P sim, eu não me importo que me peçam para trocar... não gosto é que assumam que se podem sentar em qualquer lado :P

Nádia: hahah :D é preciso azar, caramba! Que grande filme o teu :P

IceQueen disse...

Também não entendo. Primeiro, e como disseste, podem escolher o lugar que querem quando compram. E, depois, não sei como é que não se apercebem que estão no lugar errado. Não sei qual é a dificuldade de olhar para o lugar que está no bilhete e procurar o lugar correspondente xD
Nem entendo por que é que acontece tantas vezes. Não em autocarros (nunca andei num autocarro com lugares marcados), mas em viagens de comboio e de avião já me aconteceu imenso. É irritante... Digo sempre à pessoa que está no lugar errado, mas não deixa de ser chato...

redonda disse...

Já me aconteceu no cinema :)

Portuguesinha disse...

É verdade.
Mas compete à companhia impor o cumprimento dessas regras.
Se esta for mais firme, o passageiro não é tão relapso.

Mas dás a entender que as camionetas nunca vão cheias.. para existirem outras janelas. Nas que andei comprava-se bilhete mas nao existia lugar marcado. Era entrar e sentar. Quase sempre ia na frente, ehehe. Tirando umas ocasiões em que outras pessoas iam de passeio, quem ia para o trabalho, como eu, gostava de se enfiar lá atrás, fechar os olhos e aproveitar para ganhar mais horas de sono. Eu é que não consigo. Gosto de me sentir desperta, gosto de ver o movimento da estrada

Marta Moura disse...

É para complicar!

Estudante disse...

IceQueen: :P nunca me aconteceu no avião, mas também já me aconteceu no comboio...

redonda: :)

Portuguesinha: compete à companhia, sim. Mas as pessoas, sabendo que os bilhetes têm um lugar indicado, e tendo sido testemunhas anteriormente destas confusões, também poderiam fazer o "esforço" de se sentar no seu lugar.

Marta Moura: parece que sim!

Anna Marian disse...

Nao e' tao incomodativo quando e' um lugar distante do meu, mas mesmo quando o meu e' ao lado da janela e' nosso direito reclamar o lugar e sinceramente pouco me importa o que a pessoa pense de mim, pois no fundo sabemos quem esta errado aqui. E quem diz autocarros, diz comboios, avioes, cinemas. Quantas vezes tive de reclamar lugares meus pois as pessoa tem o descaramento de usar algo do qual nao tem direito. Tentar sim, mas dai a criar alarido e' que nao. Beijinho

Estudante disse...

Anna Marian: sem alarido, claro que sim ;)

Linhas Cruzadas disse...

Também já vi isso em aviões! Não entendo.

Estudante disse...

Linhas Cruzadas: em aviões ainda entendo menos :P