quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Fitas...

Escrever as fitas de final de curso é difícil. 

Por um lado, sempre tive a sensação de que escrever as fitas dos verdadeiros amigos era mais fácil porque temos muita coisa para dizer, muitos momentos para lembrar... o mais complicado era encontrar o que escrever àqueles que mal conhecemos e que decidem (vá-se lá perceber porquê) dar-nos uma fita.

Mas enganei-me. É tão difícil escrever as fitas dos amigos! Porque queremos dizer tudo e ao mesmo tempo parece que o que se quer dizer não é suficiente e que o que se escreve não transmite exactamente o que se pretende!... Além disso, tenho um receio horrível de que aquilo que eu possa escrever seja confundido com bajulação, que é uma coisa muito deprimente. Encontrar o equilíbrio certo entre o elogio e a admiração é tramado...

Mas eu adoro escrever fitas! Sobretudo quando pertencem a pessoas que me são muito queridas. E claro, tenho uma curiosidade muito grande em saber o que me vão escrever a mim.




Inté*

14 comentários:

Carpe diem to me disse...

É difícil saber o que escrever, já passei por isso.

Maria Umbelina disse...

Nunca escrevi fitas, mas se tivesse de escrever, provavelmente não iria saber o quê, ou escrever e achar que podia ter escrito outra coisa qualquer.
Boa sorte :)

CM disse...

É tão verdade o que dizes, que sempre que recebia uma, ficava entre a alegria e a raiva por pensar "mais uma...e agora??"! Boa sorte :)

Estudante disse...

Carpe diem to me: mas é uma tradição tão bonita :)

Maria Umbelina: bem-vinda ;)

CM: ahaha :P eu fico-me mais pela alegria :) gosto mesmo de receber fitas!

Jedi Master Atomic disse...

Já escrevi muita fita e também já fiz muita :P

Ana Almeida disse...

Adoro o teu blog mas nunca sei o que comentar. Só sei que adoro ler o que tu escreves, porque escreves de uma maneira solta, natural e espontânea.

Never Told Words disse...

Bateu sobre mim uma saudade agora... sniffff

Estudante disse...

Jedi Master Atomic: ahaha :P fiteiro!

Ana Almeida: fiquei muito comovida com o teu comentário :) muito obrigada!

Never Told Words: :) acredito!

Audrey Deal disse...

Oh podes crer eu tive imensas dificuldades em escrevê-las até porque eu sou uma pessoa que não consigo mostrar os meus sentimentos :s

agatxigibaba disse...

Ainda hoje tenho algumas por escrever, de pessoas importantes (entretanto já mudei de casa e elas estão algures em caixotes, mas enfim) e a maioria dos meus grandes amigos também não me chegou a entregar. É daquelas coisas que queremos fazer tão bem que vamos adiando para o momento certo e, entretanto, passa o dia de as entregar. *

Estudante disse...

Audrey Deal: consegues pois ;)

agatxigibaba: a sério? x) eu não tenciono ficar com nenhuma por escrever ;)

Maria Saudade disse...

Já andas com fitas?
Eu só comecei em Abril *

Estudante disse...

Maria Saudade: algumas :) é para evitar escrever 100 de uma só vez :P

Leonor disse...

Vou passar por isso este ano. E, ao contrário de ti, já acho que vai ser muito difícil, ainda sem ter começado :)