quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Inconvenientes meus caros, inconvenientes...

Estudar na cidade onde se vive é um risco, sobretudo para quem como eu, estuda num curso em que fica a mercê de encontros no Hospital com as vizinhas...

Quando hoje de manhã me dirigia para as consultas, eis que sou interpelada no corredor por um:

"Então minha querida?"

Era a vizinha (som de trovões). E ainda acrescentou um: "não deixes de me falar!" - tumbaaaa! Agora a miopia ou a distracção já mimetizam o desdém e superioridade da classe médica. Eu sou míope e distraída, o que me torna duplamente snobe.

Cumbersa puxa cumbersa e tal, uma fila enorme no bar - o episódio que vos relato ocorreu no bar do hospital apinhado de gente, o que não é desprezível nesta história, acreditem - etc, etc. E eu só pensava: "vai correr tudo bem Estudante, ela não vai dizer nada que te comprometa, relaxa! Não sejas paranoica!".

E relaxei. 
"E vim aqui ver o médico X, porque isto, porque aquilo..." E mais uma vez eu sentia o perigo iminente. E, efectivamente, pouco depois soou, num som bastante estridente e com excesso de decibéis, algo do género:

"E EU QUE VI ESTE PIRRALHO DE FRALDAS!"

Fixe... ainda por cima falou no masculino. Foi aí que eu percebi que era hora de desertar antes que se iniciasse um fluente discurso acerca do conteúdo das fraldas.



Inté*

11 comentários:

anokas disse...

É um dos inconvenientes de trabalhar onde se mora. Nunca me aconteceu assim nada de fazer corar. O que me acontece é gente conhecer-me e eu não saber quem são, coisinha que eu detesto.

Acho que depois desse episódio ninguém ficou a achar que o pirralho eras tu :P

Joana disse...

Ohhh a miopia, essa coisa simpática -.-

Jedi Master Atomic disse...

Tu serás a Dra. das fraldas :P

Ju Figueiredo Silva disse...

ahahahaha ! Muito bom! Não posso, os médicos também já usaram fraldas? :P *

Márcia V. disse...

Vai ser difícil mas podes sempre tentar esconder te de todas as pessoas que conheces,se não vais ter muitos encontros "engraçados" para contar por aqui.

Miss Worm disse...

Pois que não deve ser fácil mesmo. Se fores como eu, gostas bem da tua independência e da distância entre o trabalho e a família.

Estudante disse...

anokas: ahaha :P também já me aconteceu...

Joana: :P

Ju Figueiredo Silva: desconfio que sim :P

Márcia V.: nem me vou dar a esse trabalho... ahaha :P

Miss Worm: não é assim uma coisa que me incomode muito ;)

Jedi Master Atomic disse...

Pode-se saber porque é que eu não tive direito a resposta? :P

Estudante disse...

Oh Jedi tens toda a razão! Escapaste-me :P se calhar daqui a uns anos (70, talvez) sou mesmo a Dra das fraldas :P

Jedi Master Atomic disse...

Eu diria que neste momento, já deve haver de velho na tua cabeça :P

Estudante disse...

Jedi Master Atomic: olha, perdi-me no teu comentário :P talvez tenhas sido demasiado subtil!...