quinta-feira, 3 de março de 2016

Cabelos...

O meu cabelo é uma fera difícil de domar. Bem sei que o despenteado e o natural andam na moda mas, na verdade, o verdadeiro despenteado, aquele que o é mesmo, sem manipulações, minha gente, só é bonito nos livros e nas frases feitas do Pinterest...

Ter um cabelo como o meu requer muita paciência. Há dias em que me resigno com o facto de sua excelência parecer ter vida própria e há outros em que o cortava rente, se pudesse. 

Digamos que o meu cabelo tem toda a rebeldia que eu não tenho; a pobre ficou-se pelo couro cabeludo e não se estendeu mais distalmente.



Inté*


7 comentários:

esperto que nem um alho disse...

Eu se fosso mulher estava tramado. Enquanto usei cabelo comprido e mais "normal", a maior parte dos dias só conseguia "apagar" os jeitos apanhados durante a noite, com uma lavagem. Mas tinha que ser mesmo lavagem. Só molhar não resultava e, às vezes, até piorava.
Desde que descobri o "charme" do penteado à escovinha e barba de três dias, comprei uma máquina, corto cabelo e barba em casa e não houve cá mais jeitos no cabelo, nem borbulhas no pescoço.
É uma dica: Dá uma carecada à Sinéad O'Connor e não tens com que te preocupar. ahahah

Ju. disse...

Percebo-te perfeitamente porque tenho uma juba indomável... No entanto, até estou a começar a gostar dela! (:
Beijinho*

Maria do Mundo disse...

O meu é fraco, fino e muito moldável.

Estudante disse...

esperto que nem um alho: acho que vou seguir o teu conselho ahaha :D

Ju.: isso é bom! ;)

Maria do Mundo: todos nos queixamos de alguma coisa :P

Moa disse...

O meu tb não é fácil, é preciso alguma dedicação...

Portuguesinha disse...

Estou para fazer um post sobre o meu cabelo faz tempo... Mas é algo tão... emocional e pessoal que uma pessoa adia, adia, adia. Fica feliz pelo teu rebelde! É bom ter cabelo.

Estudante disse...

Moa: alguma... sim x)

Portuguesinha: é bom ter cabelo, é isso mesmo ahah :D