sábado, 5 de março de 2016

Os insectos e os livros

Ler um bom livro é, na minha humilde opinião, das melhores coisinhas que há nesta vida. Quando fico absorta na leitura, consigo ficar horas a fio agarrada a um livro. Aqui há uns dias, estava eu num desses momentos de alienação quando, por entre as páginas, surge um pequeno bichinho (insecto que eu descreveria com grande rigor científico, como uma bolinha preta). Não lhe dei grande importância e soprei-o para longe dali, não fosse esmagá-lo quando iniciasse a página seguinte. Daí a uns minutinhos, outro pequeno espécimen decide dar ares de sua graça, passeando-se por entre as frases, com uma pressa inexplicável, as patinhas de insecto a mexerem-se velozes sobre o papel.

Eu estava a ler na rua e, por momentos pensei que tal pudesse explicar esta comunhão entre o livro e a Natureza. Mas repetiu-se tantas vezes, que não me pareceu descabido de todo pensar que a manutenção dos livros da Biblioteca Municipal se faria durante a noite, por pequenos insectos bibliotecários. É ridículo, eu sei. A minha mente, não raras vezes, vagueia por um imaginário infantil subconsciente. Cheguei a imaginar até se não existiria um feitiço qualquer que tivesse condenado bibliotecários humanos a uma vida de artrópode.

Enfim. Talvez não me consiga focar completamente quando estou a ler. Por muito que goste do livro, há sempre uma janelinha por onde uma parte da minha concentração insiste em saltar...

Sim, já sei o que estão a pensar. Há serviço de Psiquiatria aqui no hospital, sim.


Inté*

8 comentários:

esperto que nem um alho disse...

Também podiam ser insetos que se alimentam de algum dos componentes do livro, como a cola usada na encadernação, base da alimentação dos peixinhos de prata e se calhar era hora de almoço. ahahah

Carpe Diem disse...

Provavelmente os insectos também queriam ler :)
Beijinhos

Agridoce disse...

Eu estudei conservação e restauro de livros e documentos em papel, e olha que a tua ideia de haver todo um exército a tratar da manutenção (bom, depende do ponto de vista...) dos livros das bibliotecas durante a noite, não tem nada de descabida! Deixa lá a imaginação voar à vontade :)

Gaja Maria disse...

O verdadeiro bicho do livro :))

Pretty in Pink disse...

Lá imaginação tens :) E isso é tãaaaao bom :))

Beijinho*

Portuguesinha disse...

Os pobres almejaram a sua liberdade e vista a claridade de uma página aberta... ala, perninhas para que te quero! :D :D

Jedi Master Atomic disse...

Were you bugged? :P

Estudante disse...

esperto que num alho: é um bom ponto de vista :P

Carpe Diem: talvez :)

Agridoce: a sério? Tens de me explicar isso melhor :D

Gaja Maria: nem mais ;)

Pretty in Pink: :P

Portuguesinha: ahaha :D foi isso!

Jedi Master Atomic: ahaha :D