terça-feira, 15 de maio de 2012

Não posso crer!

Vão acabar as novas oportunidades! Sei que isto vai gerar alguma controvérsia mas, da maneira que estes programas eram desenvolvidos, não garantiam absolutamente formação nenhuma. Daí que não lamente o final desta iniciativa. Talvez um dia se retome novamente com a verdadeira intenção de formar as pessoas e não apenas para fim estatístico.


Tirar o 12º ano a redigir textos sobre "eu e a minha família"?? Tenham dó... é substimar as pessoas.



Inté*

17 comentários:

Smile disse...

Mas há pior: O estágio profissional que dá direito!

A minha mãe escreveu a história da sua vida, o que lhe deu equivalência ao 5º, 6º, 7º 8º e 9ºano (se tivessem lido com atenção dar-lhe-iam o mestrado) e agora, depois disto e com o direito a estágio profissional, foi colocada na cozinha de um lar de idosos... o que aliás, tem tudo a ver com a profissão que exercia (costureira) e a 'formação' (?) que teve

Sr. Matumbo disse...

Vou aproveitar esta OPORTUNIDADE para comer mais uma banana. ah ah ah ah ah!

Beatriz disse...

Era uma vergonha mesmo. As pessoas só tinham que fazer uma apresentação sobre a sua vida e pronto já está. Não aprendiam absolutamente nada de novo. Mas pode ser que daqui a uns tempos volte como deve ser :p

Estudante disse...

Smile: vá se lá perceber...

Sr. Matumbo: ahaha :P força!

Beatriz: pode ser que sim! Mas o ideal é adoptarem medidas que evitem o abandono escolar e que promovam os estudos... ainda que depois fiquemos todos no desemprego...

Pretty in Pink disse...

Por acaso também concordo, mas é um tema controverso..

Beijinho*

...Ju... disse...

se fosse uma oportunidade a sério, era uma pena, como é uma fantochada, durou foi muito tempo!

guess disse...

Pena que em vez de acabarem, não façam uma avaliação e alterem o que estava errado.
Até porque a minha vive de dar formação e sem colocações à vista, provavelmente vai fazer parte daquele grupo de privilegiados a viverem num mar de "oportunidades".

Paula disse...

Como o Guess: esses cursos são absolutamente desnecessários, já que o desemprego passou a ser uma nova oportunidade!

O portuga está farto que lhe atirem terra para os olhos; conheço quem viva desses cursos e diga que " tem estado sempre a trabalhar"...

E já agora acabem também com os POC's... se os empregadores precisam de funcionários que os contratem e lhes paguem, em vez de recorrer constantemente a mão de obra à borla.

Paula disse...

Assim é que o desemprego baixava efectivamente, e não apenas nas estatísticas.

SuperSónica disse...

Desafio para ti no meu blogue!
Bjs

Estudante disse...

Pretty in Pink: lá isso é :P

...Ju...: nem mais ;)

guess: pois, também é verdade :\

Paula: só temos mentes brilhantes no Governo... depois é o que dá!

SuperSónica: assim que puder respondo ;) obrigada!

Beatriz disse...

Acho que devia haver estas oportunidades mas como deve ser :p
beijinhos!

Estudante disse...

Beatriz: exactamente :) desta maneira é que não vale a pena!

POC disse...

"Respect" para o último parágrafo.

"Tirar o 12º ano a redigir textos sobre "eu e a minha família"??"

E é isto.

Catarina Reis disse...

Sou um bocado alérgica a isso das novas oportunidades, pois na maioria das vezes só serviam mesmo para números...

Estudante disse...

POC: :P

Catarina Reis: eu sou da mesma opinião!

Saul Marques disse...

Não posso deixar de concordar que o programa das "Novas Oportunidades" era, em geral, absolutamente ridículo. Já agora, "substimar" ficaria melhor como subestimar...