quarta-feira, 31 de julho de 2013

Brincadeiras do caraças

Bem, este (aqui) não era um assunto sobre o qual eu queria debruçar-me muito até porque é um desperdício fazer-se tanta publicidade a tal pessoa. Porém, não resisti. Estas pérolas têm de ser debatidas, não se vá dar o caso de entrarem em extinção.

Há gente que tem brincadeiras do caraças, mas esta de brincar aos pobrezinhos nunca tinha ouvido. Eu quando era pequena brincava a muita coisa, mas parece que este tipo de entretenimento está reservado a classes sociais mais abonadas. De facto, agora que penso nisso, não me lembro de alguma vez ter brincado aos pobretanas... que falta de imaginação a minha.

É interessante verificar como este tipo de comentários, que a meu ver revela uma falta de educação tremenda, vem sempre lá dos lados dos endinheirados. Não sei se será por serem eles os que mais são ouvidos ou se há mesmo um tóxico qualquer nas notas de 500 euros.

Há gente estúpida meus amigos. O dinheiro não garante carácter a ninguém e aqui está mais uma prova disso. O que me assusta é que é este tipo de gente, sem valores e sem princípios, que rege as nossas vidas porque infelizmente, não vivemos numa meritocracia mas sim numa democracia adulterada onde quem tem mais cifras no banco reina sobre os outros todos.

Um minuto de silêncio por todos os neurónios mortos que jazem na cabeça destas pessoas.



Inté*

19 comentários:

Jedi Master Atomic disse...

Money can't buy common sense.

Benedita disse...

E o que mais me revolta, é que estas mentes brilhantes, estão a proliferar. Medo!!!

Paula disse...

Paz à sua alma!

anokas disse...

Acho que os neurónios desta gente estão melhor mortos, já que estavam a ser muito mal aproveitados :P

Estudante disse...

Jedi Master Atomic: that's true ;)

Benedita: ahaha :P

Paula: Amén!

anokas: morram todos então ;)

Never Told Words disse...

O dinheiro não compra inteligência nem bom senso nem dois palmos de testa.. Mas compram Doces & Cabanas e e Louis Biddons e esta gente é feliz assim!!

Luísa disse...

Mas que trampa??
Quem é que anda a brincar aos pobretanas ! Arre, devo ser eu que trabalho como uma porca 11 horas por dia ao invés de estar a apanhar sol e a ir a umas party's todas "in".
Agora assério, quem foi a abécula que fez isso?

Táquetinho disse...

Com o dinheiro que nós andamos a pagar pelas dívidas dos bancos, eu até brincava aos ricos.
Era arrancar-lhe os olhos e pô-la a pedir no metro!

Tétisq disse...

Giro, era os pobrezinhos eliminarem as suas contas e contratos pobretanas co o grupo BES...nessa altura deixariam de brincar...

Vera, a Loira disse...

Eu um dia gostava de poder brincar aos pobrezinhos.

Estudante disse...

Never Told Words: eles que sejam felizes mas de boca fechada :P

Luísa: foi a Cristina Espírito Santo...

Táquetinho: ahaha :P não és nada meigo!

Tétisq: ora bem! Queria ver se não perdiam logo a vontade de brincar...

Vera, a Loira: :P

Márcia V. disse...

Há pessoas que deviam jogar ao jogo do silencio,acho que ganhavam muito mais com isso.

Estudante disse...

Márcia V: ahaha :P bem visto!

Carpe diem to me disse...

Há certas pessoas que só faziam bem em estar caladas.

O dinheiro também não compra a boa educação e o respeito pelos outros.

Estudante disse...

Carpe diem to me: infelizmente ou felizmente, o dinheiro não é tudo ;)

mmm´s disse...

Essa sra. é de uma pobreza de espírito inigualável e o que afirmou é revelador de uma enorme falta de respeito pelos outros. Insanidade é pouco para qualificar o ato, é mesmo ausência de valores éticos.

Estudante disse...

mmm's: concordo plenamente contigo ;)

ateaoscem.com disse...

É parva...

XL

Estudante disse...

XL: e de que maneira!!!