domingo, 1 de novembro de 2015

O espírito é este



O espírito com que espero entrar na sala onde vou fazer a escolha da especialidade (sem contudo descurar a esperança de que posso conseguir aquilo que quero). 

Ainda não sabemos a data da escolha, mas sabemos que todos os dias estamos cada vez mais perto.
É vergonhoso que um procedimento que se repete todos os anos seja sempre tão mal organizado. O ano passado informaram os interessados que a escolha da especialidade seria feita no dia a seguir. Tendo em conta que em Portugal Continental, a escolha da especialidade só pode ser feita em Lisboa, Porto e Coimbra, imaginem o que isso representa para jovens médicos que vivem longe dessas zonas. Mais preocupante ainda, é o facto de em 2014, as listas definitivas de colocações terem sido divulgadas no dia 26 de Dezembro, sendo que o primeiro dia de trabalho foi dia 2 de Janeiro - menos de uma semana para encontrar casa numa cidade nova e fazer as mudanças. Uma falta de respeito, diria eu. Assim como é uma falta de respeito não nos atenderem o telefone na ACSS (que é quem desorganiza todo o processo) - dizem que é melhor enviarmos e-mail. E lá está o meu e-mail há mais de três meses à espera de resposta.
Ah, e o site onde temos acesso a todas as informações (cof cof) não vale uma merda, desorganização completa - um depósito de links e frases sem organização nenhuma.

Mas este tipo de coisas não é noticiado. Os médicos são sempre privilegiados e têm uma boa vida, não têm nada que se queixar... que se lixe.



Inté*

11 comentários:

Marlene Cardoso disse...

Não tinha ideia de que as coisas eram assim tão mal organizadas. Espero que as coisas corram melhor contigo. No que é que te queres especializar?

Agridoce disse...

A citação que escolheste é algo em que tenho pensado muito nas últimas semanas. E tenho agradecido muito por aquilo que eu tanto desejei durante tanto tempo, não se ter concretizado. Curioso, não?

Boa sorte com a escolha da especialidade! Se não conseguires aquilo que desejas, podes mesmo vir a descobrir que acabou por ser o melhor :)

esperto que nem um alho disse...

A organização do trabalho em Portugal, é bem definida numa anedota com barbas, sobre uma festa gay onde os participantes pretendiam fazer um "comboio" ao som duma música (não me recordo do nome, mas cujo refrão era:
quem te ensinou a nadar?
Foi o peixinho do mar.
Ouvi dizer que o Paulo Portas estava lá eheheh.
Quando o responsável dava a ordem:
- Organizem-se!
alguém apagava a luz e não havia meio de fazerem o comboio.
Até que às tantas, quando é dada nova ordem: - Organizem-se! Há um dos participantes que grita:
Organizem-se o c*r*lho, já me foram ao cu três vezes e não vejo comboio nenhum. eheheh
É assim a organização do trabalho em Portugal. Vão-nos ao cu à força toda e não há comboio pra ninguém. eheheh

Estudante disse...

Marlene Cardoso: obrigada :) a minha primeira opção é Reumatologia ;)

Agridoce: eu gosto muito desta citação exactamente porque já me aconteceu não conseguir aquilo que queria e, mais tarde, agradecer por ter sido assim :)

esperto que nem um alho: ora, é isso mesmo! Infelizmente, claro... ;)

Gata disse...

Ah, vai correr tudo! Centra-te no aspecto positivo: está quaseeee!

Estudante disse...

Gata: :D

J-o-a-n-a disse...

No ano passado, lá chamaram a televisão, mas adiantou pouco!
O drama e a desorganização são cada vez maiores. É ridículo!

quanto ao dia da escolha: não mudes no dia o que tiveres decidido antes; leva alguém (tipo mãe) para garantir que não mudas o que tinhas pensado; respira fundo e tem água com acuçar a mão e o telemóvel com carga para ires seguindo no FB as escolhas (que se eu tivesse fiado no sistema da ACSS ainda hoje estava a escolher!). E muito boa sorte!!!!

[fingers crossed!]

Paula disse...

Felicito-te pela coragem de dizeres o que pensas, sem papas na língua.

Estudante disse...

J-o-a-n-a: adiantou pouco porque este tipo de notícias não dá audiências... obrigada pelos conselhos :) o meu telemóvel é que não me vai ajudar ahaha :P mas logo se vê!

Paula: obrigada :)

muri disse...

Vai ser tão bom começar uma nova etapa, ainda que haja esse constrangimento inicial (e escusado).
reumatologia é uma excelente especialidade, onde me parece haver muito espaço para investigação e inovação :) todos os reumatologistas com quem me cruzei sempre foram muito sensíveis à dor que as doenças reumatoides causam (a minha mãe sofreu imenso com artrite reumatoide) e fico feliz em saber que há gente competente a escolher esta especialidade. Tenho a certeza que vai correr tudo muito muito bem :)um beijeinho

Estudante disse...

muri: eu acho tão giro imaginar que daqui a tão pouco tempo vou ter uma vida tão diferente :D também acarreta uma certa ansiedade, é verdade :) mas as coisas novas são sempre assim ;) Eu fico toda contente quando as pessoas elogiam a especialidade de Reumatologia ahah :P espero continuar a contribuir para a boa reputação da especialidade ;) e obrigada!