quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Estudante, a cusquinha

Durante a espera na fila dos supermercados, tenho o hábito, bom ou mau vocês julgarão, de dar uma espreitadela (discreta!) nas compras do pessoal ao meu redor.
Gosto de imaginar que tipo de refeições fazem e os hábitos que têm com base nos produtos que compram. E geralmente, sou bastante mazinha nos comentários que discorro mentalmente...

Quase sempre vejo o pessoal carregado de bolachas, comida pré-cozinhada, enchidos... e Às vezes fico triste quando vejo que geralmente, quem compra estas coisas vai com meninos pequeninos que certamente, serão os principais consumidores das guloseimas. 
E, não me levem a mal, mas faz-me tanta confusão ver pessoas obesas a comprar este tipo de produtos! Acho tão imprudente...

Aqui há algum tempo, prometi a mim mesma que se um dia tiver um pirralhinho, fazemos uma sobremesa ao Domingo. Deixo-o meter a mão na massa, lambuzar-se todo! Mas doces, de preferência, só os de casa, feitos com parcimónia ao Domingo de manhã - assim uma espécie de ritual semanal. 

Fazemos bolachinhas aos Domingos, fica combinado?



Inté*

13 comentários:

Pam disse...

Não és só tu! ;) Também gosto de fazer isso, bem como pensar se a pessoa é mais ou menos abonada, consoante compre marcas brancas ou produtos caros :p
É como tu dizes. Mas as comidas más são, também, as mais baratas. Pelo menos aparentemente. Ver o preço dos legumes e do peixe fresco assusta mais do que o das latas das salsichas e dos pacotes de batatas-fritas... e portanto as pessoas enchem o carro de comida que não sacia, não nutre e não dá saúde.

redonda disse...

Parece-me uma óptima combinação :)

esperto que nem um alho disse...

Também reparo muito nos carrinhos de compras à minha frente.
Esqueceste de mencionar as toneladas de refrigerantes que essa gente compra.
Há dias estavam à minha frente mãe e filha (adulta) que mal cabiam no corredor da caixa, a discutirem com o pai a melhor receita de salsichas de lata. xD

Linda Blue disse...

A mim, que tudo acontece no supermercado, desde um carrinho cheio de papel higiénico a um outro cheio de comida para gatos e um urso que falava, comprados por uma senhora de idade, acho que já vi quase tudo.
~
Estás apta para iniciar a maternidade :)

Maria Amêndoa disse...

Nunca digas nunca. É muito fácil dizer "eu quando tiver filhos vou fazer x ou y" e depois afinal a vida não é bem assim.
Mas enfim, moralismos à parte, eu bem que gostava de ter uma alimentação muito melhor do que tenho. Tenho consciência que, mesmo sendo fã de comer vegetais e peixe cozido, as ervilhas congeladas e o peixe congelado que como muito frequentemente também não são sinónimos de saúde. Infelizmente hoje em dia as pessoas simplesmente não têm tempo para ir comprar comida fresca todos os dias como antigamente e é o que é, e preocupa-me bastante que não se avizinhe solução à vista para este problema

Gaja Maria disse...

Há mesmo muita gente que se alimenta mal, mas quanto às crianças, nem sempre nem nunca, mas sim, temos de ser nós a educa-los em tudo e até no que toca a alimentação :)

agatxigibaba disse...

Faço exactamente o mesmo! E faço imensas associações e críticas mentais mas depois tento sempre repreender-me: estou a ver apenas uma ínfima parte da vida de alguém, não posso tirar nenhuma conclusão fundamentada e muito menos julgar ;) (mas lá que apetece de vez em quando, apetece)

Cocas disse...

Confesso que nunca tive esse hábito.....

Estudante disse...

Pam: sim, tens razão. A comida mais barata, geralmente, é a que não presta e , infelizmente, é a única opção para certas pessoas :\

redonda: :D

esperto que nem um alho: pois é, os refrigerantes! Epá, devem ser pessoas bastante criativas :P

Linda Blue: ahah! Adorei! Quando fores às compras diz, que eu vou contigo ;) oh... ainda há-de demorar :P

Maria Amêndoa: não são moralismos, são princípios ;) e acredita que o peixe e os legumes congelados não são o maior problema (diria até que não são problema nenhum...); já existem alimentos congelados de muito boa qualidade.

Gaja Maria: claro que sim ;) nada de extremismos!

agatxigibaba: exacto, concordo plenamente :) mas é um exercício engraçado :P

Estudante disse...

Cocas: :P

Paula disse...

Lindo! Assim os filhotes passam a gostar de coisas boas, em vez de porcarias! Os gostos educam-se, e como dona de casa tenho a dizer que com um pouco mais de esforço se come melhor e ainda se poupa dinheiro! Nem sempre os melhores alimentos são os mais caros, e não é preciso ir todos os dias comprar frescos, basta ir uma vez por semana :)

Sugestão: panquecas e waffles para o pequeno almoço de fim de semana da criançada! ;) A vó pode dar uma ajuda...

Ísis disse...

Curiosamente nunca tive esse hábito.

Estudante disse...

Paula: panquecas parece-me bem ;) A Avó pode ajudar, claro :P

Ísis: :)