quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Desculpa lá

Eu gosto muito da minha mana e sei que ela gosta muito de mim, mas de vez em quando lá nos desentendemos. Na sequência de uma dessas zangas, a mana desculpou-se (afinal eu tinha razão!..) presenteando-me com uma planta, num vasinho verde pequenino - era um cacto.

Um dia destes, estava eu a pensar numa coisa qualquer, quando pousei os olhos no dito cacto. Anos depois do acontecido, estranhei a escolha da planta. "Um cacto?! Para pedir desculpas? Um monte de pequeninos espinhos para fazer as pazes?..."

Por momentos, pareceu-me uma escolha tão inadequada! Mas depois, tendo em conta o tempo que a plantinha leva ali, pensei que afinal talvez não tenha sido uma ideia assim tão descabida. Afinal, um cacto dura uma eternidade, não murcha... tudo o que se deseja para um laço que se cria entre duas pessoas.

Bem sei que a mana não pensou em nada disto quando comprou o vasinho - ela é muito mais pragmática, não perde tempo à procura de subtilidades em tudo o que vê. Mas parece que, ainda que sem querer, acertou em cheio.

É, é isso. Rosas estão sobrevalorizadas.



Inté*

10 comentários:

Maria Francisca disse...

cá por mim odeio rosas.

Timtim Tim disse...

Preferia um cacto a rosas. Mil vezes.

esperto que nem um alho disse...

Estão sobrevalorizadas, precisam de mais atenção e água, não se dão bem em vaso e, ao fim e ao cabo, têm espinhos como os catos. :)

Estudante disse...

Maria Francisca: :P

Timtim Tim: :)

esperto que nem um alho: sim, é verdade :P

Nádia disse...

Gosto mais de rosas que de cactos, claro, mas não consigo ter flores porque detesto vê-las morrer. Nesse sentido também prefiria que me ofecessem um cacto :P

Moa disse...

Tb preferia um cacto, as outras plantas morrem-me todas :)

ó menina disse...

Para ter em casa é uma escolha inteligente...

Estudante disse...

Nádia: sim, nesse caso, um cacto é a planta ideal para ti :P

Moa: :)

ó menina: é sim ;)

Portuguesinha disse...

Adoro seus textos e linha de pensamento.

Estudante disse...

Portuguesinha: obrigada :)