domingo, 25 de outubro de 2015

Sou uma chata...

Parece que, desde há algum tempo, algumas pessoas acham por bem não vacinarem os filhos. Só porque sim. Só porque ouviram alguém dizer que as vacinas provocam autismo... porque é fixe ser contra o sistema. Porque os outros estão vacinados e então não é necessário vacinar o próprio filho.
Gostei da imagem que vos apresento abaixo e por isso deixo-a aqui, para que se dissipem algumas dúvidas:  




Inté*

14 comentários:

Quimera disse...

A minha cena é mais evitar ao máximo fazer análises. Sou muita maricas. Mesmo muito. Só com anestesia geral! :P Vacinas ainda levo..

esperto que nem um alho disse...

O que terá provocado o autismo nessas pessoas? Se calhar foi a ignorância.
Não vacinam os filhos com base em mitos urbanos, mas depois "encharcam-nos" em antibióticos receitados pala vizinhas, com a conivência de médicos e farmacêuticos pouco responsáveis, contribuindo assim para o aumento de bactérias resistentes.
Não sei o que é que certas pessoas têm dentro da cabeça...

teardrop disse...

Um excelente resumo... obrigada pela partilha! Beijinho

Estudante disse...

Quimera: ahah :P custa mais a anestesia geral do que a picada das análises...

esperto que nem um alho: ora, é isso mesmo. Pelo menos mantinham-se coerentes, não é? E muita gente não quer vacinar os filhos porque quer manter uma vida o mais "natural" possível. Mas depois, se for preciso, vão todos comer ao McDonald's... não se percebe!

teardrop: :)

Observador disse...

Pronto, prometo vacinar-me :)

Alima das Cartas disse...

A melhor foi mesmo uma que me contaram em que num centro de Saúde na capital, uma filha preocupadérrima (assim tia de Cascais, 'tá a ver?) impediu que a sua querida mãe de 80 e tal anos fosse vacinada contra a gripe porque tinha medo que a velhota ficasse autista...


... pois...

Estudante disse...

Observador: ahaha ;)

Alima das Cartas: oh não x) ahaha! Muito bom :D

Gaja Maria disse...

Se não houvesse plano nacional de vacinação era um problema, coitadinhas das crianças deste país, mas como há, toca de ser do contra, que é fiche. Não dá para entender esta gente...

Shinobu disse...

Felizmente a minha mãe nunca teve esta maluqueira.

Nádia disse...

O que me faz confusão é que essa malta anti-vacinação é maioritariamente gente progressista e (à primeira vista) esclarecida... Can't figure it out.

J-o-a-n-a disse...

Essa das anti-vacinações mata-me!
Eu enfartava na pediatria, quando ouvia esses fundamentalismos tolos!

Estudante disse...

Gaja Maria: ora, é isso mesmo ;)

Shinobu: ;)

Nádia: sim, de facto, mais uma razão pela qual não se percebe esta pancada...

J-o-a-n-a: ahaha :P podes crer!

м♥ disse...

É tão estúpido! Uma pessoa publica um estudo qualquer sem fundamento nenhum, meia dúzia de pessoas sem conhecimento acerca do funcionamento desses estudos acreditam e espalham a palavra, meia dúzia de pessoas mal informadas acreditam e assim se vai andando mal informado e a informar mal os outros. E assim se contraem doenças graves que podiam ser evitadas com a vacinação. Odeio fundamentalistas!

Estudante disse...

M: o mais estranho é que bastou um estudo para descredibilizar a vacinação... mas já foram feitos inúmeros estudos que comprovam a sua eficácia e, mesmo assim, continua-se a duvidar da utilidade das vacinas. Não se compreende :P