domingo, 4 de outubro de 2015

Urnas - estranhas coincidências

Não deixa de ser curioso que depositemos o nosso voto numa urna. "Urna" também é o termo utilizado para designar o recipiente onde se guardam as cinzas dos mortos. Será apenas uma coincidência fonética? Depositarmos a nossa esperança, sob a forma de um voto, num objecto que carrega os mortos...

Reparem que até durante o próprio acto eleitoral, as pessoas se deslocam silenciosamente em fila em direcção a uma caixa negra, tal qual como numa procissão fúnebre. 

Se de facto a nossa esperança morre quando a deixamos ali naquelas caixinhas, que seja para mais tarde dar lugar a uma fénix.


Inté*

7 comentários:

Shinobu disse...

Tenha ou não sido uma coincidência... é uma boa analogia! xD

A Polegarzinha disse...

Nunca tinha pensado em tal coisa!

esperto que nem um alho disse...

Lá está... por alguma razão eu prefiro velórios e funerais, a casamentos. Dão menos despesa e são mais duradouros. eheheh

Portuguesinha disse...

Por acaso, sinto-me de luto

Estudante disse...

Shinobu: :P

A polegarzinha: :)

esperto que nem um alho: duradouros são :P são o verdadeiro conceito de "para sempre" ahaha!

Portuguesinha: por que será?...

Paula disse...

Muito bem visto!

Estudante disse...

Paula: :)