segunda-feira, 3 de outubro de 2016

A Ternura



Não consigo imaginar alternativa mais feliz. A não ser claro, dizê-lo sempre, com Alzheimer ou não.


Inté*

7 comentários:

Cherry disse...

Que atitude magnífica, eu também não consigo imaginar alternativa mais feliz!
Beijinhos,
Cherry
Blog: Life of Cherry

Sci disse...

Ternura mesmo... E também voto a favor de o dizer sempre :)

Andreia Morais disse...

Concordo contigo!

Estudante disse...

Cherry: :)

Sci: :)

Andreia Morais: ;)

Teresa disse...

Oh...que lindo!

Isa Sá disse...

Um bonito gesto.


Isabel Sá
Brilhos da Moda

Estudante disse...

Teresa: :)

Isa Sá: ;)