segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Expressão Verão 2016

"Inveja da boa!". Quantas dezenas de vezes eu ouvi/li esta frase durante o Verão! Seja em resposta ao anúncio de uma viagem ou como comentário a fotografias das férias, lá estava ela, a Boa Inveja. "Ah, Estudante! És má pessoa!", dizem vocês... pronto, mas não consigo evitar pensar que, por detrás de tantos "inveja da boa", não houvesse muita inveja verdadeira (da má, portanto, vociferada entre dentes e com um murro desferido na mesa). Nem sei se existe tal coisa... inveja é inveja, ponto. Inveja da boa será um sentimento com outro nome qualquer (sugestões?).

Esta expressão faz-me lembrar aquela do "estou a brincar!". Quantas verdades já foram ditas disfarçadamente sob estas palavras...


Inté*

13 comentários:

Zé do Pipo disse...

Até há aquela expressão:
A brincar a brincar, é que o macaco foi àquela coisa que o Trump gosta de apalpar, à mãe. eheheheh

Estudante disse...

Zé do Pipo: ahahahah! Opá x) lembras-te de cada uma!

Charlotte disse...

Parte das pessoas devem dizê-lo a brincar mesmo... Já as restantes... :)

м♥ disse...

É isso e o "de coração cheio"! Já chega. Adorava a expressão, utilizei umas quantas vezes há uns valentes meses atrás mas de repente e ver isso escarrapachado em tudo o que é blogs, instagrams, facebooks... Já mete nojo.

Maria do Mundo disse...

Essa expressão deixa-me com os pêlos em pé!!! Isso não existe...e é como tu dizes: a brincar, a brincar...

S* disse...

Eu não acho nada... invejo o facto de outras pessoas poderem viajar mais do que eu, terem roupas mais fashion, serem mais jeitosas... mas é uma inveja simpática, sem maldade. ;)

Estudante disse...

Charlotte: ahah :P

M: há expressões que depois de tão usadas deixam de ter piada :P

Maria do Mundo: :P

S*: eu percebo que esse sentimento exista :) só acho que não se devia chamar inveja :P porque o termo "inveja", por si só, já é mau...

Gaja Maria disse...

Inveja é inveja é certo e a palavra tem uma conotação negativa, mas podemos invejar algo sem no entanto querermos mal seja a quem for. Talvez lhe possamos chamar "gostava de" :)

Estudante disse...

Gaja Maria: pois é isso... eu percebo o sentimento, sabes? :) mas acho que não lhe devíamos chamar inveja :P

Lápis Roído disse...

Olha, e se for: «inveja da boa, meu filho da p***/bitch»? Será que o verdadeiro sentimento que o autor da frase tenta ocultar fica definitivamente à vista ou ainda subsistirão dúvidas? :P

Estudante disse...

Lápis Roído: ahahah :D isso era muito bom!

i. disse...

Realmente.. Como se chamará esse sentimento de eu-também-queria-mas-estou-feliz-por-tu-teres?

Estudante disse...

i.: carinho? :P